PRÓ-GENÉTICA

Termo de cooperação do Pró-Genética em Mato Grosso é assinado por várias entidades

O evento acoteceu na Famato e tem como objetivo melhorar a qualidade genética do rebanho bovino do Estado e fortalecer as cadeias produtivas da carne e do leite
Terça-feira 06 de Agosto de 2019
Famato
Termo de cooperação do Pró-Genética em Mato Grosso é assinado por várias entidades

Na semana passada, a  Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea) e a Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) assinaram em Cuiabá, o termo de cooperação técnica do programa de melhoria genética do rebanho bovino de Mato Grosso (Pró-Genética).

O evento acoteceu na Famato e tem como objetivo melhorar a qualidade genética do rebanho bovino do Estado e fortalecer as cadeias produtivas da carne e do leite. O programa será coordenado pela secretaria de Agricultura Familiar e a execução contará com a atuação da Empaer e de órgão ligados à secretaria. Além disso, serão parceiros a Famato, sindicatos rurais de Mato Grosso, agentes financiadores, prefeituras, cooperativas e associações.

Para o presidente nacional da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu, Arnaldo Manuel de Souza Machado Borges, o “Pró-Genética é uma ferramenta importante para democratizar o acesso à tecnologia do touro melhorado e, ao mesmo tempo, fomentar o mercado de touro PO. A celebração dessa parceria com a Famato, Seaf, Indea, Empaer e demais envolvidos vai promover uma pecuária lucrativa e eficiente para todas as classes de produtores”, destacou Arnaldo Borges.

Nos eventos serão ofertados reprodutores selecionados pela associação, permitindo aos produtores, prioritariamente os pequenos e médios pecuaristas de rebanhos bovinos comerciais, produtores de carne e leite, a aquisição de animais com genética de alta qualidade. Serão todos animais Puro Origem (PO).

A aquisição dos animais geneticamente melhorados será feita em feiras e leilões organizados em todo o Estado. A primeira feira será dia 14 de setembro, no Sindicato Rural de Ribeirão Cascalheira. “As feiras e leilões são oportunidades de aquisição de animais geneticamente superiores. A Famato e os Sindicatos Rurais terão um papel fundamental na mobilização e seleção dos produtores rurais que devem participar”, disse o diretor regional da ABCZ de Cuiabá, André Luiz Lourenço Borges, que afirmou ainda que o

O diretor de Relações Institucionais da Famato, José Luiz Fidelis aponto que o“Pró-Genética vai estimular a transferência de tecnologias para os pequenos e médios produtores, que representam uma grande parcela da nossa produção. Com o acesso às tecnologias vamos possibilitar a esses produtores uma melhor produtividade e qualidade do rebanho”.

O presidente licenciado do Sindicato Rural de Cuiabá, Jorge Pires de Miranda, e que também faz parte da ABCZ, participou da reunião e frisou que a parceria é importante para a pecuária mato-grossense.

Os técnicos da Empaer e representantes das entidades e órgãos envolvidos na execução do programa receberão orientações técnicas e treinamentos específicos para o Pró-Genética.


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS