crise do corona

Unicred-MT tem nota revisada para negativo e pode sofrer deterioração no médio e longo prazo, aponta Fitch Ratings

Levantamento apontou que a Unicred-MT terá dificuldades para manter os níveis de inadimplência
Segunda-feira 20 de Abril de 2020
MT Econômico
Unicred-MT tem nota revisada para negativo e pode sofrer deterioração no médio e longo prazo, aponta Fitch Ratings

Cooperativa de Crédito dos Médicos, Profissionais da Saúde e Empresários de Mato Grosso (Unicred-MT) poderá sofrer deterioração a médio e longo prazo nos ativos e rentabilidade da cooperativa. Estimativa foi feita pela agência de classificação de risco Fitch Ratings, que avaliou o cenário em meio à crise ocasionada pelo novo coronavírus

Levantamento apontou que a Unicred-MT terá dificuldades para manter os níveis de inadimplência. No entanto, duração e profundidade da crise, de acordo com a agência, são muito difíceis de serem previstas. Sua nota de classificação de risco foi revisada de estável para negativa.

O rating foi afirmado em ‘A(bra)’, no dia 16/4, e a Perspectiva do Rating é que foi revisada para Negativa. Uma Perspectiva Negativa para um rating da Fitch significa que a classificação tem probabilidade de mais de 50% de chance ser rebaixado num prazo de até 2 anos.

Carteira da cooperativa é voltada para o setor da saúde, bastante requisitado no momento. Seu desempenho, por outro lado, pode ser afetado de diversas maneiras ao longo do tempo. Boa liquidez e capitalização podem diminuir os impactos negativos previstos. 

Em dezembro de 2019, os créditos em atraso acima de noventa dias representavam 2,4% da carteira. Em 2018, este número era de 2,6%. O cenário era positivo. A rentabilidade era adequada, com resultado operacional ponderado pelo risco de 5,6%.

Além disso, houve um aumento gradativo no volume de receitas de serviços e custo de captação decrescente. Isto favoreceu os resultados nos últimos períodos.

As operações realizadas com associados, de acordo com a Fitch, são realizadas com isenção tributária, o que influencia a rentabilidade das cooperativas. Para manter seus níveis de rentabilidade a longo prazo, dado o atual cenário de crise, a agência pontuou que a Unicred-MT terá desafios. 

“Há limitada possibilidade de elevação do rating a médio prazo, porém a perspectiva pode ser revisada para estável caso o modelo de negócio da Unicred-MT se prove mais resiliente do que o dos pares, com manutenção dos atuais níveis de inadimplência e indicador resultado operacional/ativos ponderados pelo risco próximo a 5% nos próximos 12 a 18 meses”, finalizou o documento da Fitch Ratings.

Nota de esclarecimento Unicred-MT (na íntegra)

A Fitch Ratings manteve a classificação do Rating Nacional de Longo Prazo ‘A(bra)’ e afirmou o Rating Nacional de Curto Prazo 'F1(bra)' da Unicred Mato Grosso - qualidade de crédito alta, em escala nacional, apontando que a cooperativa apresenta rentabilidade adequada, gradativo crescimento do volume de receitas de serviços e custo operacional decrescente. Esta classificação indica boa qualidade de crédito e capacidade de honrar compromissos financeiros. Além disso, a nota da consultoria reflete uma avaliação positiva de risco de crédito aos cooperados investidores (Investment Grade).

As instituições financeiras cooperativas do Brasil avaliadas no mesmo período pela Fitch Ratings tiveram suas perspectivas revisadas para negativas, de estáveis, diante da pandemia do novo coronavírus (COVID-19). É importante informar que a agência de classificação de risco afirmou que "o atual choque macroeconômico devido à evolução do coronavírus têm imposto dificuldades para todos os setores do país". Dentro de um cenário de mudança da dinâmica de crédito, o perfil financeiro de bancos e instituições financeiras não bancárias vai ser impactado. 

Pelo acompanhamento da Fitch Ratings, até o momento, a liquidez da Unicred MT não foi impactada. "Durante 2019, a governança corporativa da Unicred MT melhorou, pois a diretoria executiva passou a ser composta por dois profissionais de mercado e foi feita a segregação total entre o conselho de administração e a diretoria executiva, conforme direcionamento do Banco Central", retrata o documento da certificadora. 

Por fim, a Unicred MT reafirma o seu compromisso de instituição financeira séria, sólida e segura, trazendo grandes resultados aos seus mais de 13,5 mil cooperados em todo o estado de Mato Grosso. Neste momento, atua com o foco de minimizar os impactos da pandemia nos resultados da cooperativa e na lucratividade de todos os associados.

Comentário do MT Econômico

Lamentamos o cenário desfavorável diante da pandemia do coronavírus, que deve atingir todo o mercado financeiro e empresarial.

Estimamos boa recuperação às empresas, pois a inadimplência não é algo bom para nenhuma instituição financeira, muito menos para os clientes tomadores de crédito, que em situação de dívidas, sem capacidade de pagamento, acabam tendo descontrole financeiro e consequências graves pessoais e familiares.

Vale ressaltar que essa matéria do MT Econômico foi produzida com base nos dados da fonte oficial, que é a própria agência de classificação de risco Fitch Ratings. Veja mais aqui.


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS