IBM

Charles Flint o homem que formou a IBM

Criou o grupo de tecnologia aos 61 anos
Sexta-feira 17 de Maio de 2019
Reprodução
Charles Flint o homem que formou a IBM

Charles Flint que participou da formação de diversos conglomerados americanos, criou a holding Computing-Tabulating-Recording Company (CTR) em 1911 - grupo que daria origem à IBM nos anos seguintes. Flint permaneceu no conselho de administração da empresa até 1930, quando se aposentou, aos 80 anos.

Quando os negócios diversificados da CTR revelaram-se difíceis de serem gerenciados, Flint pediu ajuda ao ex-executivo do National Cash Register Company, Thomas J. Watson. Em 1914, Watson, aos 40 anos, assumiu a gerência geral da organização. Baseado na sua experiência de vendas, Watson implementou uma série de táticas de negócios eficazes e absolutamente inovadoras para a época como, por exemplo, incentivos de vendas generosas, foco no serviço ao cliente e a insistência em vendedores bem-preparados.

Ao longo das próximas duas décadas Watson transformou a empresa em um protótipo para a multinacional recém-emergente. Pouco a pouco, a equipe foi crescendo, tanto em número de pessoas como também em experiências, os produtos já existentes ganhavam maior qualidade, surgiam novas máquinas e com elas novos escritórios de vendas e mais vendedores. Esta mudança é assinalada em fevereiro de 1924, quando o nome da empresa muda para International Business Machines Corporation (IBM). Desde o início, a IBM não se define por estratégias ou produtos, mas por práticas de cultura com visão de futuro e de gestão baseadas em valores fundamentais.

Acompanhe mais histórias inspiradoras de empreendedores no MT Econômico. Clique aqui e confira.
 


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS