Exemplo

Garoto de 13 anos ensina sobre finanças pessoais

Como estratégia para poupar e administrar o dinheiro recebido da mãe, Érico disse que usa três potes. O garoto já possui dois livros lançados e está escrevendo o terceiro.
Segunda-feira 29 de Maio de 2017
Reportagem
Garoto de 13 anos ensina sobre finanças pessoais

Com apenas 13 anos de idade, Érico Metzner é um prodígio em economia financeira. Com dois livros lançados para o público juvenil, além de ebook e blog pessoal, o garoto está conquistando o Brasil no assunto de finanças pessoais.

Érico se apresentou na última semana para mais de mil pessoas em um evento promovido pela empresa de treinamentos Sem Mais Desculpas. A apresentação antecedeu a palestra do consultor Gustavo Cerbasi sobre finanças familiares.

Acompanhado pela mãe, o menino contou sua trajetória na economia financeira pessoal, que teve seus primeiros passos aos seis anos.

“Minha mãe me dava a semanada [mesada por semana] de R$ 15 e eu comecei a guardar. Eu pedia coisas para ela, mas às vezes não me dava. Ai ela passou a me dar dinheiro e eu tinha que administrar para que pudesse comprar o que eu queria”, conta o adolescente.

Como estratégia para poupar e administrar o dinheiro recebido da mãe, Érico disse ao Mato Grosso Econômico que usa três potes: um é o pote dos sonhos, para celular, viagens e outras coisas que gostaria de comprar. Outro é o pote do agora, para os desejos imediatos como sorvetes e lanches. O terceiro é o pote do futuro, para realizar desejos maiores quando crescer, no caso do garoto, pretende abrir seu próprio negócio aos 18 anos e com isso ter mais dinheiro para comprar um carro e uma casa.

O menino conta que seu dinheiro fica guardado em contas bancárias rendendo juros. “O melhor é guardar no banco porque dá filhotes [juros]”, ilustra.

A dica de Érico para quem quer começar a economizar e se planejar para o futuro é resistir às tentações. “Você vai passear no shopping e vê uma coisa que quer, mas precisa resistir mesmo que seja algo baratinho, porque somando o que comprou, vê que gastou bastante no fim do mês. É preciso perguntar se realmente necessita daquilo para poder comprar”, explica.

O terceiro livro de Érico já está sendo elaborado e será voltado ao público adolescente, trazendo novamente o tema finanças.

E você que é pai ou mãe, está ensinando seus filhos a usarem bem o dinheiro e planejar o futuro?


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS