Finanças Pessoais

Os 5 conselhos populares que te deixam mais pobre

Pois é, todo mundo conhece alguém cheio de boas intenções e verdades absolutas.
Sexta-feira 07 de Junho de 2019
Os 5 conselhos populares que te deixam mais pobre

Sabe aquela tia que adora dar conselhos de vida? Ou aquele colega de trabalho que é cheio de bondade e sempre quer te dar lições sobre o mundo? Pois é, todo mundo conhece alguém cheio de boas intenções e verdades absolutas. O que poucas pessoas percebem é que, por trás destas palavras supostamente motivacionais, há argumentos ruins que podem atrapalhar sua vida – em especial, a financeira.

A seguir, vamos analisar as cinco pérolas de sabedoria (só que não!) que ouvimos por aí e o verdadeiro pensamento por trás delas:  

"Viva hoje, não deixe para amanhã"

Volta e meia esta frase aparece nos Facebooks e Instagrams da vida, geralmente para finalizar a história de alguém à beira da morte que não aproveitou a vida o suficiente. De fato, temos que amar as pessoas e aproveitar o presente como se não houvesse amanhã, mas isso não pode servir de muleta para você torrar o salário mês após mês e viver afundado nas dívidas.

Uma vida dessas cobra um preço muito alto, pois quando você não se preocupa com o futuro, compromete seus próximos anos de vida com mais trabalho, mais juros e menos poder de escolha. É por isso que sempre digo: educação financeira traz liberdade.

Quanto mais você cuida de seu dinheiro, mais entende o quanto ele não pode ser tratado com irresponsabilidade. Se você planeja aquela viagem dos sonhos, deve economizar, gastar menos e, talvez, fazer uma renda extra para sua realização. Do contrário, você pode encarar o pesadelo das dívidas, um monstro que não perdoa hoje ou amanhã.

"Não seja ambicioso"

Há algum tempo, em uma entrevista na internet, fui questionada quanto aos meus objetivos em relação ao dinheiro. Respondi que uma das minhas metas era ter R$ 5 milhões investidos.

Mais tarde descobri que alguém escreveu um texto que criticava minha posição, dizendo que ter o dinheiro como objetivo de vida não era legal e que ficar rico era uma questão de escolha e mudança de hábitos. Essa é, infelizmente, uma opinião muita difundida em nossa cultura.

Quem diz isso acha que pensar grande é crime e se conforma com uma vidinha medíocre. Sai para lá! Quem gosta de se contentar com pouco? Eu prefiro lutar para conquistar a liberdade de escolha que o dinheiro proporciona. Para alcançar a riqueza, é preciso estabelecer objetivos grandes e bem definidos.

Por exemplo: posso ter como meta investir R$ 10 mil e, no futuro, me aposentar com R$ 1 milhão. Você precisa de ambição para evoluir na sua vida pessoal e financeira. Portanto, não viva uma realidade ordinária apenas para agradar alguém.

 "Tenha um emprego estável"

Muita gente luta para passar em um concurso público ou conquistar um emprego em uma multinacional para alcançar a tão sonhada estabilidade. Não é errado agir desta forma, mas é preciso considerar que a ideia de se aposentar no mesmo lugar pode ser uma receita para o fracasso.

Hoje em dia, o mercado de trabalho está cada vez mais exigente e competitivo, e não são poucas as notícias de empresas falidas que cortam salários ou os próprios cargos dos funcionários.

Portanto, se você tem o pensamento de que tais empregos são fontes de segurança, é bom repensar sua vida profissional. Estabilidade não existe, e eu acho isso bom. Afinal, nossos grandes saltos acontecem nos momentos de crise, quando temos que nos virar para pagar dívidas ou arranjar um emprego melhor.

 "Casou? Então compre uma casa"

Muitas famílias acham inadmissível quando os noivos se casam e não compram a tal da casa própria. Os argumentos são sempre os mesmos: "casa é um ótimo investimento", "pagar aluguel é jogar dinheiro fora", "casa própria traz segurança" e assim por diante. Eu mesma pensava desta forma.

A verdade é que a dívida do financiamento de um imóvel pode prejudicar sua vida por muitos anos. Raciocine comigo: geralmente, no casamos na faixa dos 20 a 30 anos, época em que a maioria das pessoas ainda não ganha um bom salário. Então, chegam os gastos da festa de casamento, apartamento, mobília, filhos… e sua vida se torna uma bagunça.

Para piorar, o imóvel geralmente não é sua casa dos sonhos, porque na época você só podia arcar com aquele empreendimento menor e afastado. Assim, aquele casal certinho do início do relacionamento se torna, anos mais tarde, uma dupla frustrada e atolada em dívidas. Se você quer mesmo comprar uma casa, espere! Junte uma grana, defina o lugar ideal para seu futuro e só então procure o imóvel dos sonhos.

"Não se mexe em time que está ganhando"

Se hoje você está bem na sua profissão, parabéns! Mas não deixe o sucesso te dar a falsa sensação de que não há nada que você possa fazer para melhorar. É preciso se atualizar, inovar e correr atrás de novas parcerias de forma constante.

Pense no caso da Apple: há alguns anos, a empresa lançou o iPod, dispositivo feito para ouvir música. Como líder do segmento na época, a Apple poderia ter se dado por satisfeita com o iPod, mas decidiu ir além. Hoje, todo o conteúdo do iPod existe dentro dos cobiçados celulares da marca. Imagine se a Apple não tivesse investido nessas inovações? Outras empresas certamente teriam ocupado seu posto.

A confiança no sucesso momentâneo é uma das maiores causas de falência entre as empresas. Portanto, em time que está ganhando, se mexe!

E você? Consegue pensar em outras frases que só te colocam para baixo? 

(Com Júlia Mendonça/UOL)


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS