ECONOMIZAR NO PEIXE

Veja dicas para ter um peixe gostoso na Páscoa sem ter que gastar muito

Se o bacalhau está muito caro, uma saída é optar pelos peixes mais baratos
Quarta-feira 17 de Abril de 2019
Reprodução
Veja dicas para ter um peixe gostoso na Páscoa sem ter que gastar muito
Foto: Reprodução

A Sexta-Feira Santa pede peixe, mas o bolso às vezes não deixa gastar muito. Então veja algumas dicas para você não deixar a tradição de lado e aproveitar essa data especial.

1 – Peixes mais baratos

Se o bacalhau está muito caro, uma saída é optar pelos peixes mais baratos como tambacu, tabatinga, pintado entre outros.

2 – Cuidado com a temperatura

A recomendação aqui é que se você preferir o peixe fresco, sempre pegue no fim das compras – e nunca no começo. Isso garante que a temperatura se mantenha de forma correta.

Também é preciso prestar atenção em suas escamas: se estão brilhantes e com odor suave, então, a compra pode ser feita. Em caso contrário, vá até outra banca de peixes ou açougue.

3 – Peixe fresco ou congelado?

O peixe fresco e o peixe congelado contêm os mesmos nutrientes se mantidos em temperaturas adequadas a cada tipo.

Então, em termos nutricionais e de sabor, isso não vai mudar muito para a sua escolha.

A escolha entre o fresco e o congelado pode mudar dependendo da intenção do consumidor de economizar na Páscoa.

Isso porque alguns órgãos de defesa do consumidor avaliam que o peixe congelado pode ficar mais pesado e, portanto, custar mais caro.

Vale a dica para avaliar tal comportamento dos açougueiros.

Por outro lado, o peixe congelado pode ser ideal para quem ainda vai demorar um pouco para preparar o prato.

4 – Peixe com água acumulada

Esse tópico é apenas para complementar o anterior.

“Não compre se estiver com água acumulada ou cristais de gelo, pois pode significar que houve o descongelamento, prejudicando sua qualidade”.

Essa é a recomendação para quando você for às compras e estiver pensando em economizar na páscoa.

5 – E se eu quiser o bacalhau?

Ainda que o valor seja mais alto, muitas pessoas (especialmente as religiosas) optam pelo bacalhau em sinal de cumprir a cerimônia.

E, para este caso, a dica é prestar a atenção nas condições da embalagem, na validade e no odor.

E a nutricionista avisa que é preciso manter na geladeira até sua preparação – para evitar descongelamentos precoces.

6 – Peixes tem validade?

A validade de qualquer peixe fresco, se for congelar, é de três meses.

Então, ainda que você seja uma pessoa que saiba fazer planejamentos, não adianta comprar o peixe muito antes da sexta-feira santa, tá.

7 – Dicas para descongelar o peixe

Para economizar na páscoa e na sexta-feira santa, você não pode perder o seu peixe e, para isso, tem que seguir algumas dicas.

“Na hora do descongelamento SEMPRE descongelar dentro da geladeira, pois fora pode desenvolver micro-organismos deteriorantes”.

8 – O preparo do peixe

“Retire o couro e a pele antes de cozinhar. Todos os nutrientes do peixe estão dentro da carne”.

9 – Dicas para temperar o peixe

Abaixo vamos citar algumas receitas, mas para antecipar o assunto, vamos à outra recomendação.

“Evitar temperos industrializados. Use temperos naturais como a salsinha, manjericão, coentro, louro etc”.

10 – Validade depois de preparado

Esse é um detalhe importante para não perder o peixe e o seu dinheiro.

“Quando preparados, consumir dentro de, no máximo, 48h, se mantido na geladeira”.


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS