safra 2019/20

Conab estima 20% de redução no cultivo da mamona em Mato Grosso

Mato Grosso, ainda assim, deve figurar como maior produtor de mamona no Brasil.
Terça-feira 23 de Junho de 2020
MT Econômico
Conab estima 20% de redução no cultivo da mamona em Mato Grosso

Dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) apontam que o cultivo da mamona deve ter redução média de 20% na atual safra em Mato Grosso. Ainda não há números consolidados. Plantio foi feito em março e colheita deve ser realizada no próximo mês. 

Estimativa da Conab é de que produção no estado seja de 20,8% a menos do que em 2018/2019. Com isso, é provável que Mato Grosso produza 1,9 mil toneladas da mamona, contra 2,4 mil da safra passada

Já a área plantada deve diminuir 16%, de 2,5 mil para 2,1 mil hectares. Produtividade deve ser de 912 quilos por hectare, 4,8% menor do que na safra anterior. 

De acordo com a Conab, opção pela mamona esbarra no aspecto comercial, já que outras opções como o milho, o algodão e o gergelim têm mais rentabilidade e facilidade de comercialização. Mato Grosso, ainda assim, deve figurar como maior produtor de mamona no Brasil.

Leia mais:  Alta do dólar e fungicidas aumentam o custo de produção do algodão em MT


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS