dados da empaer

Plantio adensado é alternativa para aumentar produtividade de agricultores familiares

Ainda assim, expectativa é de aumento de 75% em comparação ao sistema convencional.
Sexta-feira 22 de Maio de 2020
MT Econômico
Plantio adensado é alternativa para aumentar produtividade de agricultores familiares

Unidade de Referência Tecnológica (URT) foi instalada em Acorizal para avaliar desenvolvimento da cultura de banana da terra. Experimento foi montado na Comunidade Guanandi, no Sítio Cantinho do Céu. Com isto, previsão é de colher 7 mil quilos de banana da terra, que pode gerar uma renda de até R$ 22,7 mil. 

Unidade foi implantada por R$ 2,5 mil, expectativa é de lucro líquido de $ 17,5 mil com a venda do produto. Com o início da colheita, foram comercializadas 50 caixas de 20 quilos por R$ 65, um retorno de R$ 3,250 mil. Previsão é de comercializar 350 caixas até julho. 

Diferença do sistema convencional é o espaçamento entre as plantas. Enquanto o convencional utiliza o cultivo com três metros de espaçamento e 1.111 plantas por hectare, o adensado usa o espaçamento de dois metros e 2.400 plantas por hectare. 

Em uma área em que teria produção máxima de 4 mil quilos, a previsão é de colher 7 mil quilos. Dados, no entanto, são parciais. Ainda assim, expectativa é de aumento de 75% em comparação ao sistema convencional.

De acordo com informações da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), recomendação do plantio adensado para agricultura familiar é uma estratégia para aumentar a produtividade, além de melhorar o aproveitamento da mão de obra e insumos e reduzir custos com controle de plantas invasoras. 

Leia mais: Produtor de café de Colniza dobra produtividade e bate recorde


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS