EXPO ECOS

Expo Ecos atinge R$ 35 milhões em negócios e volta em 2020

O diferencial do evento, segundo os organizadores, foi a geração de negócios e troca de conhecimentos, através de 10 palestras e 12 oficinas com especialistas de várias áreas do atacado e varejo
Terça-feira 11 de Junho de 2019
Assessoria
Expo Ecos atinge R$ 35 milhões em negócios e volta em 2020

O Encontro Centro-Oeste dos Supermercadistas, Atacadistas, Distribuidores, Indústria e Food Service (Expo-Ecos) encerrou na última quinta-feira (06.06), em Cuiabá, com a visita do governador Mauro Mendes e do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho. O evento atingiu a expectativa de negócios, de R$ 35 milhões, com a participação de 60 empresas expositoras. Em três dias de feira (04 a 06.06), aproximadamente 12 mil pessoas, de 24 municípios de Mato Grosso e oito estados do país, passaram pelo Centro de Eventos do Pantanal.  

O diferencial do evento, segundo os organizadores, foi a geração de negócios e troca de conhecimentos, através de 10 palestras e 12 oficinas com especialistas de várias áreas do atacado e varejo. Somente no primeiro dia, a palestra com o economista Ricardo Amorim, reuniu mais de mil pessoas. 

Após visitar a feira e circular entre os estandes, acompanhado dos presidentes das entidades organizadoras, o governador parabenizou todos os envolvidos, em especial os setores do atacado e varejo do estado, por aquecer a economia, gerando emprego e renda. “São setores com grande representatividade e abrangência em todas as cidades de Mato Grosso e que têm contribuído muito para nossa economia. Este evento é extremamente importante e todos estão de parabéns", disse Mauro Mendes. 

O presidente da Associação Mato-Grossense de Atacadistas e Distribuidores (Amad), João Carlos Sborchia, destacou que o evento atingiu o faturamento previsto, atraiu uma quantidade significativa de público e recebeu o devido prestígio da sociedade e do governo. "É muito satisfatório mostrar ao governador que o nosso estado é pujante, que tem um comércio e uma indústria fortes e muita coisa boa acontecendo no estado. Sabemos que tem notícias ruins, mas podemos reverter com desenvolvimento, e o evento teve essa finalidade”, completou.

O sucesso da Expo-Ecos foi tamanho, que vai entrar novamente para o calendário de eventos do estado, inclusive já confirmado para 2020. “Lançamos pesquisa com todos os expositores para ver o interesse de ocorrer a feira em 2020, fazer anualmente, e tivemos 98% de aprovação. Praticamente todos demonstraram interesse que a feira retorne no próximo ano e assim vamos fazer”, citou o presidente da Associação de Supermercados de Mato Grosso (Asmat), Alessandro Morbeck.

Segundo Kassio Catena, presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios do Estado de Mato Grosso (Sincovaga), nesse novo momento da Expo-Ecos, depois de 10 anos, a organização teve todo um cuidado em mudar o foco da feira. "A Expo-Ecos sempre foi vista como uma feira de relacionamento e nós estamos transformando em uma feira de negócios, fazendo o expositor vir e fazer negócio, vender, que é o que paga nossas contas”, ressaltou.

De acordo com Sebastião dos Reis Gonçalves, o Tião da Zaeli, presidente Sindicato do Comércio Atacadista Distribuidor de Mato Grosso (Sincad-MT), a feira superou as expectativas. “Nós vimos quem participou, e estão todos contentes com o resultado, por isso em 2020 estaremos aqui novamente”, reiterou.

O evento foi patrocinado pela SE Distribuidora, DAC Distribuidora, DM Card, Senac Mato Grosso – Fecomércio, GS1 Brasil e Aurora, e contou com o apoio da Triunfante e da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Sobre a Expo-Ecos

A realização da Expo-Ecos é uma parceria de quatro entidades: Associação Matogrossense de Atacadistas e Distribuidores (Amad), Associação de Supermercados de Mato Grosso (Asmat), Sindicato do Comércio Atacadista Distribuidor de Mato Grosso (Sincad-MT) e Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios do Estado de Mato Grosso (Sincovaga). 


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS