Opinião: Qual seria então o modelo ideal para produzir alimentos saudáveis e em escala global?

Dentro do modelo econômico e de produção que temos hoje, é necessário produzir alimentos utilizando agrotóxicos, transgênicos e de monocultura para conseguir atender à demanda global. Já é de comum conhecimento que isso traz problemas à nossa saúde, porém, uma mudança radical deste modelo pode trazer consequências catastróficas para a economia. 

Qual seria então o modelo ideal para produzir alimentos saudáveis e em escala global?  Agregando valor ao trabalho no campo.

A principal maneira de agregar valor neste caso é aproximando cada vez mais o produtor rural ao consumidor final, encurtando a cadeia produtiva. Cada passo dado nesta direção representa um aumento exponencial na qualidade do alimento produzido e na rentabilidade do produtor, e para encurtar a cadeia produtiva é preciso explorar ao máximo a tecnologia.

Leia também – Opinião: Pandemia, Ciência e Concorrência

A tecnologia está onipresente em nosso cotidiano e a cada dia que passa ela se torna mais fácil de usar, entender e se adaptar a nossa realidade. Mas não podemos limitar o conceito de tecnologia a equipamentos caros, complexos e softwares extremamente técnicos; é preciso olhar para ela no âmbito da gestão e administração do negócio. Avançamos muito neste quesito ao longo dos anos e as empresas que souberam aperfeiçoar seus sistemas de gestão e processos gozam com a liderança no mercado do agronegócio; permitindo-lhes justamente isso, produção em escala.

Empresas de tecnologia têm um papel fundamental nessa transformação digital e elas estão cada vez mais próximas do produtor rural de médio e pequeno porte. Seu principal trabalho é automatizar processos, solucionar problemas e aumentar a produtividade no campo. Aproximando cada vez mais o produtor rural do consumidor final, tornando os alimentos cada vez mais saudáveis e aumentando a rentabilidade das fazendas.

Julio Panoff é especialista em supply chain, relações públicas, comunicação e cultura organizacional por MITx e as universidades de Auckland na Nova Zelândia e Queensland na Austrália. Trabalhou na liderança global da multinacional de alimentos BRF e hoje lidera o pilar de tecnologia da Planejar Agro em Mato Grosso.

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS ARTIGOS DE OPINIÃO

Tagged: , , , , ,