Agricultores indígenas de Mato Grosso podem ter linhas de crédito para produzirem em suas terras

Agricultores indígenas de Mato Grosso podem ter linhas de crédito para produzirem em suas terras e com fundo garantidor do governo do Estado. De acordo com o governador Mauro Mendes (DEM), os povos indígenas receberão uma atenção especial para ter acesso a empréstimos e estimular a agricultura.

Na manhã de quinta-feira (19), Mauro participou do Seminário Regional de Etnodesenvolvimento e Sustentabilidade, no Hotel Fazenda Mato Grosso. Com a participação do presidente Jair Bolsonaro, o chefe do Executivo federal federal destacou a importância de incluir os indígenas nos programas.

“Os povos indígenas querem ter respeito, querem trabalhar. E o que eles mais solicitam é internet, estradas, trabalhar, produzir e construir sua dignidade, construir o sustento da sua família”, disse.

De acordo com o governador, os povos indígenas ainda enfrentam muita dificuldade para obter empréstimos das instituições bancárias, situação que dificulta e emperra muitas etnias de conseguirem expandir a produção. 

“Os indígenas têm dificuldades gigantescas para conseguir crédito. Os marcos jurídicos precisam ser atualizados e isso depende do Congresso Nacional. Estamos construindo um fundo garantidor que vai deixar R$ 2 bilhões à disposição para pequenos, médios e microempresários. E vai ter um destaque especial, uma linha de crédito diferenciada para os povos indígenas, pois são essas ações que vão dar o futuro que queremos aos nossos irmãos”, pontuou.

O exemplo dos povos Parecis foi citado pelo governador como um “case” de sucesso, que mostra ser possível aos indígenas produzir com sustentabilidade, mantendo sua cultura e tradições. Por meio da agricultura, os Parecis saíram de uma situação de dificuldade alimentar para uma realidade de autonomia financeira e qualidade de vida.

“Esse povo construiu a sua independência econômica e são para todos nós uma inspiração e uma bússola, um guia para todos os povos indígenas”, frisou.

Leia também: ‘Se não fosse o agronegócio, o Brasil teria afundado’, diz Bolsonaro durante visita a Cuiabá

Tagged: , , , , ,