fbpx

Pelo menos por 90 dias o pecuarista terá um alívio com o decreto que prevê a redução para 4% da alíquota da cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para a transferência de gado em pé a outros estados.

O anúncio da redução de 7% para 4% da alíquota foi feita pelo governador Pedro Taques durante a "Mesa redonda Sobre a Cadeia Produtiva da Carne na Atual Conjuntura Político-econômica", promovida pela Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), em Cuiabá.

O governador disse que essa medida será para dar um fôlego para o produtor rural nesse momento de crise na pecuária com o embargo dos EUA da carne brasileira, e pós operação Carne Fraca. Qualquer ajuda é bem vinda.

O pecuarista hoje enfrenta a desvalorização da arroba no Estado, dependendo da região, se aproxima de 20% na comparação anual. 

O presidente da Acrimat, Marco Túlio disse que essa medida  já vai ajudar muito a categoria e atende uma demanda da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) no intuito de garantir opções de venda para os produtores do Estado.