Rodoviária de Cuiabá

Com apenas um participante, empresa vence licitação para concessão da rodoviária de Cuiabá

A outorga será de R$ 501,2 mil ao Estado, próximo ao valor mínimo do edital que era de R$ 500 mil.
Quinta-feira 18 de Fevereiro de 2021
Redação MT Econômico
Com apenas um participante, empresa vence licitação para concessão da rodoviária de Cuiabá

Com apenas um participante no processo licitatório do terminal rodoviário Engenheiro Cássio Veiga de Sá (rodoviária de Cuiabá), a empresa Sinart – Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico Ltda foi declarada vencedora do certame e deve investir R$ 18 milhões em melhorias e reformas no local.

A rodoviária de Cuiabá atende aproximadamente 1,5 milhão de passageiros por ano no transporte intermunicipal e interestadual de passageiros. Hoje a própria Sinart é responsável pela administração, por meio de um contrato emergencial.

O processo foi concluído pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra). A outorga será de R$ 501,2 mil ao Estado, próximo ao valor mínimo do edital que era de R$ 500 mil.

A empresa terá que apresentar um plano de negócios ao governo para avançar com o projeto e melhorias previstas. Somente após isso, será realizada a assinatura do contrato no valor estimado de R$ 235,5 milhões e a empresa vai assumir em definitivo a administração do terminal. O prazo de concessão será de 25 anos.

Melhorias nas áreas de passageiros, embarque e desembarque, central de operações, acessibilidade, além da manutenção e conservação, estão previstas no projeto de adequações do local.

Leia mais: Leilão de rodovias de Mato Grosso deve arrecadar cerca de R$ 6 bilhões para os cofres do Estado


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS