fbpx
Cooperativas indígenas de Mato Grosso terão linha de crédito para incentivar produção

O governo de Mato Grosso irá criar uma linha de crédito específica para auxiliar as cooperativas indígenas de Mato Grosso, segundo informado pelo próprio governador Mauro Mendes, nesta terça-feira (13), em reunião com representantes do povo Paresi e da Cooperativa Agropecuária do Povo Indígena Haliti-Paresi (Cooparesi).

Na opinião do chefe do Executivo os indígenas são exemplos de produção sustentável, pois há muito tempo produzem e mantém a maior parte das suas terras preservadas.

“O Governo do Estado sabe desse grande e excelente exemplo que eles são, enquanto povos indígenas, que estão trabalhando, construindo sua sustentabilidade, e sua alimentação a partir do seu trabalho, de forma diferenciada. Os povos Paresi são exemplos para Mato Grosso, para o Brasil e para o mundo. Hoje eles apresentaram projetos para ampliar essa produção, com indústria de etanol de batata, criar um centro tecnológico para desenvolver novas atividades e ampliar o conhecimento para outros povos indígenas que queiram conhecer esse grande exemplo de trabalho e produção dos paresi”, disse o governador.

O diretor financeiro da Cooparesi, Genilson Kezomae, da aldeia Wazare, destacou que os projetos apresentados na reunião são de médio e longo prazo, e visam “a liberdade, a autonomia, a geração de renda e mostrar que os povos indígenas podem contribuir muito para o Estado de Mato Grosso. Estamos aqui para somar forças para tornar esse sonho concreto. Vai ser um processo único e histórico”, destacou o representante da Cooparesi.

LEIA MAIS: CODEM APROVA INVESTIMENTOS DE R$ 387 MILHÕES EM LINHAS DE CRÉDITO PARA PRODUTORES RURAIS E EMPRESÁRIOS DE MT

Tagged: , , , , , , ,