Transporte coletivo

Cuiabá terá 140 novos ônibus. Frota chega em julho e deve melhorar condições para os usuários do transporte

As 140 novas unidades foram produzidas nas fábricas da Caio e da Marcopolo, instaladas nas cidades de Botucatu (SP) e de Caxias do Sul (RS).
Segunda-feira 07 de Junho de 2021
Redação MT Econômico
Cuiabá terá 140 novos ônibus. Frota chega em julho e deve melhorar condições para os usuários do transporte

Cuiabá terá 140 ônibus zero quilômetro para atender a população. Os novos veículos serão incorporados à atual frota e chegam no mês de julho. Atualmente circulam pela capital 382 coletivos que atendem 260 mil usuários/dia.

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, reconhece que ainda são muitos os gargalos a serem resolvidos pela gestão municipal, mas relembra que diversas melhorias já foram feitas na cidade. “Foram implantados também corredores exclusivos para ônibus com o objetivo de proporcionar maior celeridade no trânsito e com isso, menos atraso nos horários estipulados para cada linha de ônibus, novos abrigos de ônibus climatizados e com Wi-Fi, dando dignidade ao cidadão, além de asfaltamento de ruas e viadutos, melhorando a mobilidade urbana na capital”, disse o prefeito.

As 140 novas unidades foram produzidas nas fábricas da Caio e da Marcopolo, instaladas nas cidades de Botucatu (SP) e de Caxias do Sul (RS).

Linhas de transporte

As novas linhas expressas do transporte coletivo começaram a ser implantadas em abril de 2017 por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro e funcionam nos bairros Parque Cuiabá (609E), Pedra 90 (711E), Osmar Cabral (508E), Santa Terezinha (605E) e Nova Esperança (712E ). Todas saem em direção ao Centro da cidade. Seus trajetos são abreviados pois possuem uma quantidade menor de paradas o que garante rapidez e praticidade, prezando pelo tempo daqueles que necessitam passar pela área central diariamente.

Abrigos de ônibus e estações

A Prefeitura de Cuiabá também vem realizando a substituição ou instalação de mais de 300 abrigos. O processo foi iniciado em março do ano passado. De acordo com a Diretoria de Engenharia da Semob, foram 350 implantações trocas ou implantações de abrigo novos  e 280 remoções. 

Além dos abrigos, a prefeitura mantém três estações instaladas nas praças Alencastro, Bispo Dom José e Ipiranga, sendo as duas últimas criadas a partir de containeres. Todas elas são climatizadas e geram energia limpa graças a instalação de placas solares em cada uma. Os espaços também possuem tomadas que possibilitam que o usuário do transporte coletivo carregar celulares, disponibiliza ainda rede Wi-Fi, jardim suspenso, cadeiras para acomodar os usuários e televisão com estimativa de chegada de ônibus.

Leia mais: Viaduto é inaugurado em Cuiabá e deve valorizar região que interliga a capital ao município de Várzea Grande


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS