Baixada Cuiabana

Emanuel defende reestruturação da baixada cuiabana e quer acesso ao Mais MT de Mauro Mendes

A desigualdade de investimentos na Baixada Cuiabana desfavorece alguns municípios
Terça-feira 09 de Fevereiro de 2021
Redação MT Econômico
Emanuel defende reestruturação da baixada cuiabana e quer acesso ao Mais MT de Mauro Mendes

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro defendeu uma reformulação do atual modelo de desenvolvimento regional, em reunião realizada do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico e Social do Vale do Rio Cuiabá, nesta segunda-feira (8). O encontro aconteceu em Santo Antônio de Leverger (28 km de Cuiabá) e contou com a presença de gestores de 11 municípios.

A desigualdade de investimentos na Baixada Cuiabana desfavorece alguns municípios. O prefeito da capital, propôs na reunião, um redesenho do processo de desenvolvimento da região do Vale do Rio Cuiabá, que contempla 13 municípios.

Entre as melhorias, Emanuel Pinheiro também quer acesso ao programa do governo estadual Mais MT, que pretende investir R$ 9,5 bilhões no Estado no período de 2019 a 2023.

Conforme noticiado pelo MT Econômico, o Mais MT deve trazer desenvolvimento para Mato Grosso e gerar mais de 50 mil empregos. Veja mais aqui.

Será preciso unir muita força política, já que Emanuel Pinheiro e Mauro Mendes tem se estranhado com alguns assuntos polêmicos, como a implantação do modal de transporte VLT e BRT na capital.

O MT Econômico torce para que os chefes dos poderes Executivo Estadual e Municipal se entendam, pois quem ganhará com isso é a população. De fato tem que haver um desenvolvimento maior nos municípios da Baixada Cuiabana, que vivem em situação precária e com baixo desenvolvimento econômico e social. Se o prefeito de Cuiabá está com um olhar diferente para os municípios do entorno, tomara que o governador Mauro Mendes também sensibilize, pois a desigualdade é grande nesses municípios que compõem o Vale do Rio Cuiabá, segundo opinião do MT Econômico.

Percebe-se também que Emanuel quer juntar força política e ampliar sua base eleitoral, já que na última eleição municipal remou o barco com poucos apoiadores políticos e "atravessou o rio" a remo.

Consórcio Vale do Rio Cuiabá

Criado em dezembro de 2005, o Consórcio Vale do Rio Cuiabá é formado por Cuiabá, Várzea Grande, Acorizal, Barão de Melgaço, Chapada dos Guimarães, Jangada, Nobres, Nossa Senhora do Livramento, Nova Brasilândia, Planalto da Serra, Poconé, Rosário Oeste e Santo Antônio de Leverger. Com uma área aproximada de 76 mil quilômetros quadrados, esses municípios somam mais de 1 milhão de habitantes.

Leia mais: Cuiabá terá Centros de Atendimento ao Turista com mobilidade para atender guias e visitantes na capital


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS