Crédito Turismo

Empresários do turismo de Mato Grosso recebem mais de R$ 4 milhões de crédito em 2020 para enfrentarem pandemia

O turismo gera inúmeros empregos diretos e indiretos no Estado e o crédito tem ajudado o setor a passar pelo momento difícil enfrentado diante da pandemia
Segunda-feira 21 de Dezembro de 2020
Redação MT Econômico
Empresários do turismo de Mato Grosso recebem mais de R$ 4 milhões de crédito em 2020 para enfrentarem pandemia

Um dos setores mais afetados pela pandemia, o turismo recebeu neste ano, entre janeiro e novembro, o montante de R$ 4.282.100 de crédito da Agência de Fomento de Mato Grosso – Desenvolve MT. 

Entre os municípios que mais receberam foram Cuiabá (R$ 2.355.100,00), Várzea Grande (562.000,00), Barra do Garças (555.000,00), Rondonópolis (460.000,00) e Sinop (350.000,00).

O turismo gera inúmeros empregos diretos e indiretos no Estado e o crédito tem ajudado o setor a passar pelo momento difícil enfrentado diante da pandemia do novo coronavírus que paralisou as atividades por um tempo.

A liberação foi por meio do Fungetur (Fundo Geral do Turismo), uma linha de crédito, repasse do Ministério do Turismo, voltada para micro e pequenos empresários que atuam no setor turístico, como hotelaria, gastronomia, eventos, serviços, receptivos, transporte que possuem registro no Cadastur (Cadastro os prestadores de serviço do turismo)

Atualmente, os empresários estão optando pelo capital de giro, uma das modalidades mais procuradas este ano. A linha do turismo disponibiliza crédito de até R$ 1 milhão para projetos de investimentos, obra civil, máquinas, equipamentos e aquisição de bens e também empréstimos para capital de giro até o limite de R$ 100 mil reais.

Uma das expectativas do setor é que no final do ano muitos mato-grossenses fomentem o turismo interno, conforme noticiado pelo MT Econômico. Veja abaixo na matéria do "Leia Mais".

Leia mais: Turismo interno deve movimentar R$ 150 milhões na baixada cuiabana neste fim de ano, segundo pesquisa


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS