Mobilidade Servidores

Estado gera oportunidade de trabalho para motoristas de aplicativo em MT

Nova modalidade de transporte irá gerar renda para várias famílias e trará uma economia de mais de R$ 2,6 milhões por ano; cadastro pode ser feito pelo App YetGo
Sexta-feira 09 de Outubro de 2020
D`Laila Borges
Estado gera oportunidade de trabalho para motoristas de aplicativo em MT

A empresa KGA Desenvolvimento e Tecnologia EIRELI, que venceu a licitação realizada pela Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado de Mato Grosso (Seplag) para prestação de serviço de transporte por aplicativo para a administração estadual já está cadastrando motoristas para prestação do serviço.

Os interessados em transportar servidores públicos que estejam realizando serviços administrativos para o Estado em Cuiabá e Várzea Grande devem baixar o App “YetGo Motorista” na Google Play e enviar os seguintes documentos: cópias da Carteira Nacional de Habilitação, comprovante de endereço, conta bancária e demais documentos exigidos para o cadastro.

Além de melhorar o atendimento às demandas da administração pública estadual e a transparência na prestação de contas, economizando, principalmente, com locação de veículos e combustível, essa nova modalidade de transporte que será utilizada pelo Governo de Mato Grosso irá gerar renda para quem trabalha ou deseja trabalhar como motorista de aplicativo, fomentando a economia.

Conforme a empresa que irá prestar os serviços de transporte cerca de 500 motoristas de Cuiabá e Várzea Grande já se cadastraram no App.

De acordo com o secretário de Planejamento e Gestão, Basílio Bezerra, a adoção da nova modalidade de transporte, além de trazer economia aos cofres públicos, também fomenta a economia gerando emprego.

“Como em várias outras medidas de gestão e fomento à economia adotadas por este governo, esta também trará vários benefícios à sociedade, pois gera renda para várias famílias, fomenta a economia e traz uma significativa economia anual com a substituição da modalidade de contratação de transporte no Estado”.

Economia

A medida trará uma economia superior a R$ 2,6 milhões por ano aos cofres públicos, conforme estimativa da unidade de Eficiência do Gasto Público da Seplag.

O levantamento considerou a substituição inicial de apenas 15,07% da frota de veículos locados, utilizada para atividades administrativas. Foram excluídos dessa pesquisa aqueles usados a serviço das áreas finalísticas, como Segurança e Saúde. Segundo a Unidade, a adoção do transporte alternativo é potencialmente vantajosa para a administração pública. 

Além disso, a Ata de Registro de Preços realizada pela Seplag obteve uma economia de 59%, chegando ao valor de R$ 1,18 o Km rodado; valor esse bem abaixo dos atuais obtidos por outros entes da federação. Para se ter uma ideia, a ARP do Ministério da Economia obteve o valor de R$ 2,80 o km rodado, mais que o dobro de Mato Grosso.

Leia mais: Mato Grosso supera previsão e arrecadação atinge R$ 13 bilhões


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS