Ferrovia MT

Ferrovia FICO é aprovada pelo TCU e deve trazer desenvolvimento econômico e maior escoamento da safra em MT

Ao todo, o projeto prevê a construção de 1.641 quilômetros de trilhos.
Quinta-feira 30 de Julho de 2020
MT Econômico
Ferrovia FICO é aprovada pelo TCU e deve trazer desenvolvimento econômico e maior escoamento da safra em MT

A Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO) foi aprovada por unanimidade nesta quarta-feira (29) pelo Tribunal de Contas da União (TCU). A medida ocorreu devido à renovação da concessão das ferrovias administradas pela Vale nos estados do Pará e Minas Gerais. Como contrapartida ao contrato, a Vale vai entregar o trecho da FICO, que sai de Goiás e chega a Água Boa-MT.

Com isso, o escoamento da produção de Mato Grosso será beneficiado, promovendo desenvolvimento econômico e social para o Estado e para um raio de 400 km ao redor do terminal ferroviário.

Segundo o presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), Gustavo de Oliveira o tempo de execução da obra deve ser reduzido. "Por ser uma obra privada o prazo para executar o projeto deve ser menor do que se fosse uma obra pública", ressalta em vídeo nas redes sociais.

"A Fiemt deve monitorar quando será feito os investimentos e a execução da obra", afirmou Gustavo de Oliveira.

O governo de Mato Grosso estima que possam ser escoados mais de 100 milhões de toneladas nos próximos anos com a nova ferrovia que deve ligar Mara Rosa (GO) a Água Boa (MT). Ao todo, o projeto prevê a construção de 1.641 quilômetros de trilhos.

“Esse investimento na renovação antecipada das outorgas é extremante relevante e altamente estratégico para o Brasil e vai trazer grandes retornos para o país. Temos commodities minerais na região e de alimentos naquela área. Então investir nesse setor vai trazer grandes benefícios para a economia de Mato Grosso e também para a economia do país, que passa hoje por dificuldades”, disse em publicação oficial, o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes

Etapas do projeto

No projeto, está previsto que a FICO iniciaria em Campinorte (GO) fazendo ligação com a Ferrovia Norte-Sul. Na primeira etapa, chega até Água Boa num percurso de 383 quilômetros.

Já na segunda etapa, a previsão é que sejam feitos 518 km de Água Boa até Lucas do Rio Verde, com construção de um terminal de cargas.

A etapa da ferrovia abrange um trecho de 740 quilômetros do norte mato-grossense até o município de Vilhena (RO).

Leia mais: Brasil deve continuar sendo um dos principais produtores de alimentos do mundo no pós-pandemia


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS