fbpx
Fundo Garantidor vai respaldar setores importantes da economia de MT com R$ 100 mi

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes regulamentou o Fundo de Aval Garantidor do Estado, o MT Garante, no valor de R$ 100 milhões. As cifras devem ser destinadas à setores fundamentais da economia local.

Conforme o governador, o Fundo Garantidor é mais uma ferramenta para apoiar o empreendedorismo e, consequentemente, a geração de emprego, renda e fortalecimento da economia.

O MT Garante amplia o acesso à linhas de crédito para microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte, pequeno e médio produtor rural, cooperativas organizadas e centros de crédito e setores ligados à economia solidária.

“A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico vai alinhar com os bancos, como Sicredi e Sicoob, para que os produtores possam ter acesso ao crédito o mais rápido possível. Fizemos tudo com muito zelo e cuidado para dar segurança a essa ação”, afirmou o governador.

Conforme o decreto, publicado no último dia 7, no Diário Oficial, vários segmentos poderão ter acesso ao aval na hora de obter o crédito, como:

Empreendedores da economia criativa, que trabalham com produtos oriundos das áreas de artes cênicas, música, artes visuais, literatura e mercado editorial, audiovisual, animação, games, softwares aplicados à economia criativa, publicidade, rádio, TV, moda, arquitetura, design, gastronomia, cultura popular, artesanato, entretenimento, eventos e turismo cultural.

Setor primário – Produção de matérias-primas nas atividades da agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura.

Setor secundário – Transformação de materiais, substâncias e componentes com a finalidade de se obterem produtos novos, indústria extrativa e de transformação.

Setor terciário – Comércio e fornecimento de serviços aos consumidores e/ou empresas, incluindo as atividades relacionadas ao turismo e transporte.

Agricultura Familiar – Para fomentar pequenos arranjos produtivos locais.

Leia também: FCO aprova mais de R$ 409 milhões em crédito aos empresários e produtores mato-grossenses

Tagged: , , , , , , ,