Governo apresenta Fundo de aval MT Garante e promete operacionalização em dois meses

O governo de Mato Grosso apresentou, na última nesta sexta-feira (06), o Fundo de Aval Garantidor de Mato Grosso (MT Garante) para representantes de 12 instituições financeiras interessadas em operacionalizar os empréstimos. O MT Garante concederá aval a financiamentos a Microempresas Individuais (MEIs), Microempresas (ME), Empresas de Pequeno Porte (EPP), Pequenos e Médios Produtores.

De acordo com o governador Mauro Mendes, para instituir o MT Garante foi um longo processo, que em breve chegará ao fim, com a operação do Fundo que deve começar em até 60 dias.

O MT Garante é um Fundo vinculado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec/MT) que irá fornecer recursos financeiros afiançando os riscos das operações de financiamento contratadas por meio da Desenvolve MT, de cooperativas de crédito e demais instituições financeiras públicas e privadas.

O Estado aportou R$ 100 milhões para dar início às operações, valor com prospecção de chegar até a R$ 1 bilhão em empréstimos, ao ser alavancado em 10 vezes.

 “Foi preciso percorrer diversos caminhos para colocar em ação o Fundo, respeitando as legislações de governo, Banco Central e instituições financeiras. O próximo passo será, em no máximo dois meses, disponibilizar linhas de crédito para serem tomadas pelas cadeias produtivas, que serão incentivadas com esta garantia dada pelo Governo de Mato Grosso. E assim, vamos ajudar milhares de mato-grossenses”, pontua Mauro Mendes.

Leia também: Sedec abre credenciamento para instituições financeiras operacionalizarem o MT Garante

Mauro Mendes ressalta ainda que o grande objetivo do Fundo é desenvolver cadeias produtivas e, principalmente, o micro produtor, o pequeno empreendedor, a pequena indústria, áreas de comércio, serviços, o turismo e todos àqueles que querem crescer, investir, têm condições de pagar, mas não têm garantias para efetuar o empréstimo.

O presidente da Desenvolve MT, Jair Marques, – Agência responsável por administrar e contratar as instituições que vão operacionalizar o Fundo – esclarece os prazos para assinaturas de convênios e início das contratações de créditos.

“A assinatura dos primeiros contratos com as instituições que vão emprestar esses recursos com garantia do MT Garante tem como data-base 30 de maio e dia 15 de junho para começarem as contratações de créditos pelos beneficiados”, ressalta Marques.

A iniciativa foi elogiada pelo presidente do Sicredi e vice-presidente da OCB-MT, João Spenthof. “A rede Sicredi e OCB parabenizam o governador por essa ação social que se utiliza de negócios para oportunizar crédito a quem, de fato, precisa desse respaldo financeiro”, frisa.

Para a presidente do Sicoob, Aifa Naomi, a ação governamental deve ser valorizada por se tratar de inclusão social. “O que o governo está fazendo é incluir um público, até então, pouco assistido, afinal o crédito é uma forma de possibilitar que a sociedade tenha condições de melhorar seus negócios e isso gera um grande ganho social”, completa.

O credenciamento das instituições financeiras ocorrerá de forma individual. A análise da documentação de credenciamento será efetuada pela Comissão Conjunta de Contratação constituída pela Sedec e Desenvolve MT.

Leia mais: FCO disponibiliza R$ 320 milhões em financiamentos para MT

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS NOTÍCIAS DE POLÍTICA E DESENVOLVIMENTO

Tagged: , , , ,