Boicote do agro

Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles sofre pressão do agronegócio que reivindica sua demissão

A decisão sobre a possível saída de Ricardo Salles deve ser anunciada essa semana e compete ao presidente Jair Bolsonaro
Terça-feira 14 de Julho de 2020
MT Econômico
Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles sofre pressão do agronegócio que reivindica sua demissão

Membros do agronegócio estão cada vez mais incomodados com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Ele foi denunciado à Corregedoria Geral da União por desmontar a Comissão de Ética do Ministério do Meio Ambiente. A denúncia foi encaminhada pela própria secretaria-executiva da comissão.

Salles se recusou a assinar a portaria que designa os membros da comissão desde o ano passado,  o colegiado, que deveria ter três titulares e três suplentes, tem hoje apenas dois suplentes.

“Não dá mais para ele continuar no cargo”, diz um grande produtor de grãos. “A imagem do Brasil na área ambiental vai de mal a pior no exterior e precisamos de uma resposta rápida para que os mercados internacionais voltem a confiar em nosso trabalho”.

O produtor rural afirma que ouviu de vários parceiros comerciais a possibilidade de um boicote global aos produtos brasileiros. “O governo está brincando com fogo, isso é muito sério”, afirma o agricultor.

A decisão sobre a possível saída de Ricardo Salles deve ser anunciada essa semana e compete ao presidente Jair Bolsonaro.

Leia mais: “PL do Desmatamento” é derrubado e setor defende ampla discussão para política florestal em Mato Grosso


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS