MT investe proporcionalmente mais em obras do que um ministério no Brasil

O deputado federal Leonardo Albuquerque destacou a quantidade de investimentos que o Governo do Estado tem realizado para a área de infraestrutura. “Mato Grosso tem muito mais investimento proporcional do que um ministério no Brasil [não revelou qual]”, afirmou, durante a assinatura de convênios para realização de obras nos municípios da região oeste de Mato Grosso, na semana passada.

De acordo com o parlamentar, isso ocorre devido a uma gestão equilibrada e sinceridade nas ações. “Podemos vivenciar esse novo momento do Governo, que tomou as medidas corretas, austeras, que pode nesse momento fazer grandes investimentos, diferente do que ocorre no Brasil”, ressaltou.

De acordo com balanço divulgado pelo Ministério da Infraestrutura, entre 2019 e 2021 o Governo Federal concluiu 4,1 mil km de rodovias pavimentadas, duplicadas ou recuperadas em todo o país. No mesmo período, o Governo de Mato Grosso concluiu 2.245 km de asfalto novo ou recuperado, um pouco mais da metade.

Ainda como comparação, a malha rodoviária federal é de 75.553 km, enquanto a malha rodoviária estadual é de 33.887,64 km, menos da metade.

O deputado, que atualmente coordena a bancada federal do Estado em Brasília, afirmou que Mato Grosso foi o único estado brasileiro que não sofreu cortes na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2022. “Conseguimos empenhar 100% das emendas de bancada e individuais, sem corte pelo Governo Federal. Fico feliz em estar ampliando esses investimentos, de maneira correta, sem orçamentos fantasiosos, que o Governo vai conseguir fazer”.

Para Dr. Leonardo, essas obras contribuem com a população em um momento difícil, levando a presença do Estado até os municípios. Leonardo ainda completou que essa não é a mesma situação vivida pelos outros estados. “É totalmente diferente quando a gente recebe governadores e deputados de outros estados. Mato Grosso tem o privilégio de fazer essas ações”, completou.

VEJA AQUI MAIS NOTÍCIAS DE POLÍTICA E DESENVOLVIMENTO

OBRAS – Durante a reunião, o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, fez um balanço das obras entregues, em andamento e previstas na gestão.

Só em asfalto novo o Governo entregou 1.242 km, há outros 1.621 km em execução e mais 802 km com ordem de serviço, prontos para serem lançados. Também foi entregue a recuperação de 1.003 km de rodovias, com mais 615 km em andamento.

Já foram concluídas 96 pontes de concreto e outras 480 pontes de aduelas em substituição às de madeira. Ainda foi destacado a assinatura do contrato da 1ª Ferrovia Estadual, a concessão de 700 km de rodovias, licitação do BRT e várias outras obras estruturantes. 

“Isso nunca aconteceu em Mato Grosso. Investimos R$ 3,2 bilhões nessas obras, republicanamente. Em três anos e dois meses de Governo, não tivemos uma única denúncia de Tribunal de Contas, Ministério Público ou de empresas”, pontuou.

De acordo com o governador Mauro Mendes, a reunião também teve o objetivo de cobrar que as empresas prestem o melhor serviço possível ao cidadão, de forma rápida.

“Cobramos o melhor desempenho possível, pois há muitas empresas performando bem e muitas não estão performando de forma satisfatória. Todo mundo vai ter que mexer o corpo para entregarmos melhores resultados à população. Podem apertar o pé porque não vai ter problema de orçamento ou de pagamento, e teremos um ano muito promissor, com centenas de obras”, finalizou.

Leia também: Em 2021, DNIT duplicou principal corredor logístico de MT, a rodovia BR-163/364

Tagged: , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: