Dificuldade de Crédito

Pequenos empreendedores reclamam das dificuldades de obtenção de crédito na agência Desenvolve MT; Botelho diz que vai intervir

Com a pandemia, diversos empreendedores têm precisado de crédito para manterem seus negócios ativos
Quarta-feira 14 de Abril de 2021
Redação MT Econômico
Pequenos empreendedores reclamam das dificuldades de obtenção de crédito na agência Desenvolve MT; Botelho diz que vai intervir

Diversos micro e pequenos empreendedores têm reclamado da agência Desenvolve-MT, alegando dificuldades para obtenção de crédito. O deputado estadual Eduardo Botelho (DEM) disse ontem (13) na imprensa, que marcará uma reunião com representantes da agência de fomento estadual para verificar o que tem acontecido.

Com a pandemia, diversos empreendedores têm precisado de crédito para manterem seus negócios ativos, mas não adianta ter recursos financeiros disponíveis se existirem inúmeras dificuldades pelo caminho. Por outro lado, vale ressaltar que todo crédito passa por uma análise prévia, segundo regras do Banco Central.

“Vou fazer uma convocação dos diretores da Desenvolve MT lá na Assembleia porque a reclamação é muito grande. Sabemos que o sistema ficou sobrecarregado devido a muita procura. Com o convênio, tenho certeza que vai ampliar o atendimento e nos próximos dias vai melhorar”, afirmou Botelho. O deputado também acredita que deve haver ampliação da agência de crédito para melhorar o atendimento.

“Tenho defendido mais auxílio para os pequenos empresários porque estão sendo prejudicados, muitos ficaram fechados em prol de toda sociedade. Então, por que somente eles têm que pagar a conta? Tem que haver maior auxílio por parte do estado, como a isenção do IPVA aos setores mais afetados; que haja participação nas contas de energia; pagamento de salários”, defendeu Botelho, ao citar o Ceará que fez isso para ajudar seu povo durante a pandemia.

Em fevereiro deste ano, representantes da agência Desenvolve MT recorreram à Assembleia para pedir apoio financeiro, conforme noticiado pelo MT Econômico. Veja mais aqui.


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS