Tramita na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL-MT) projeto de lei com intuito de beneficiar cerca de 150 mil pequenas empresas e microempreendedores individuais. Iniciativa considera que os trabalhadores que ficaram impedidos de trabalhar devido ao isolamento social, medida emergencial para inibir a proliferação do novo coronavírus

Entre outras coisas, o projeto propõe a suspensão de cobranças de luz, água e telefone, por exemplo, pelo prazo de 60 dias. Ainda, sugere a concessão de ajuda financeira às empresas que não têm a possibilidade de continuar em funcionamento por meio de sistema de entrega. 

Autor da proposta, o deputado Dr. Gimenez (PV) pontuou que as propostas têm caráter emergencial e buscam diminuir os danos sofridos pelos pequenos negócios que, segundo ele, geram mais de 70% dos empregos

“São pessoas que mesmo correndo risco, vão para a rua, não há outro jeito. Como médico, sei que estamos vivendo uma crise sanitária que põe em risco a vida humana”, afirmou o parlamentar. 

Leia mais: Trabalhador terá que provar que contraiu Covid-19 na empresa para ter direito ao auxílio doença