fbpx
Projeto de lei quer desburocratizar retomada da economia para microeemprendedores

Projeto de lei em tramitação na Assembleia Legislativa de Mato Grosso quer desburocratizar a retomada da atividade econômica em período posterior à pandemia do novo coronavírus. Objetivo é dispensar regras tradicionais aos microempreendedores no âmbito do poder público.

De acordo com o texto, ficam dispensados qualquer ato público, licença e alvarás para todas as atividades econômicas de baixo ou médio risco desenvolvidas no Estado. Para isso, a atividade econômica deve conter até 200 metros quadrados, ter até três pavimentos e ser desempenhada em local sem subsolo com uso distinto de estacionamento. 

Ainda, serão favorecidos estabelecimentos que desenvolvam atividades econômicas com edificações de até três pavimentos e em locais sem subsolo com uso distinto de estacionamento. 

Autor do projeto, o deputado estadual Wilson Santos (PSDB) afirmou que o excesso de exigências do poder público inviabiliza a retomada da atividade econômica, principalmente em um momento em que o desemprego está alto devido ao isolamento social imposto para evitar a proliferação do coronavírus.

Leia mais: Reforma da Previdência dos servidores de MT deve ser votada nesta quarta