Campanha social

Associação Comercial de Cuiabá apoia campanha MT Vencendo a Covid-19

O projeto integra um programa nacional que atua em diversas frentes no país e tem o objetivo de sensibilizar a população para buscar atendimento médico logo no início dos sintomas da doença
Associação Comercial de Cuiabá
Associação Comercial de Cuiabá apoia campanha MT Vencendo a Covid-19

A Associação Comercial e Empresarial de Cuiabá (ACC) assumiu o compromisso de contribuir com a sociedade e órgãos de apoio público na diminuição dos impactos causados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Na última sexta-feira (14.08), a entidade deu mais um passo em apoio à campanha "MT Vencendo a Covid-19", realizando divulgação maciça de informações nas redes sociais e incluindo influenciadores digitais com número considerável de seguidores para auxílio na difusão.

O projeto integra um programa nacional que atua em diversas frentes no país e tem o objetivo de sensibilizar a população para buscar atendimento médico logo no início dos sintomas da doença, como coriza, nariz entupido, dor na garganta, dor no corpo, dor de cabeça, não sentir cheiro, não sentir gosto, diarreia e febre.

Em Cuiabá, o projeto é guiado pela médica anestesista Christiane D'Oliveira, que em conjunto com outros profissionais da área, presta atendimentos gratuitos via telemedicina ou presenciais, com distribuição de medicamentos.

"É muito importante procurar ajuda, seja de um médico de confiança, particular ou da campanha, logo nos primeiros sintomas, pois as chances de cura são maiores e não corremos o risco de superlotar as unidades de saúde", frisa o presidente da ACC, Jonas Alves.

Os agendamentos online são feitos pelo telefone (65) 9 9635-8814 e os atendimentos são realizados via telemedicina ou presenciais. O paciente com sintomas da Covid-19 recebe medicamentos e passa por exames, acompanhado pelo médico responsável pelo atendimento.

No mês passado, a ACC doou medicamentos específicos para o tratamento da doença e equipamentos de proteção individual (EPIs), necessários aos médicos que atuam na linha de frente. A entidade continua recebendo esses materiais que serão repassados ao projeto.

Sintomas

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), os sintomas mais comuns da covid-19 são febre, tosse seca, mal-estar e dificuldade para respirar, embora em vários casos tenham sido relatadas secreções nasais, problemas gástricos, perda de olfato e paladar, dor de garganta, entre outros. Se apresentar algum desses sintomas, procure atendimento médico.

Leia mais: Um milhão de quilos de doações são entregues a famílias em vulnerabilidade em todo o país


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS