IPCA tem deflação de 0,68% em julho; queda de combustíveis puxam a queda

De acordo com o gerente da Pesquisa, Pedro Kislanov, o índice foi pressionado pela queda no preço dos combustíveis, além da tarifa de energia elétrica. A gasolina caiu 15,48%, o etanol teve redução de 11,38% e o gás veicular ficou 5,67% mais barato

Leia mais

Além de combustíveis e energia, conta de celular também terá desconto em breve

O ministro informou também que haverá desconto significativo nos serviços de telecomunicação operados no Brasil. Segundo Adolfo Sachsida, os efeitos poderão ser sentidos a partir do mês que vem

Leia mais

Governo federal acredita que etanol pode ficar até R$ 0,19 mais barato na bomba

A pasta disse ainda que a estimativa não considera a possibilidade de redução do preço do biocombustível aos estados que outorgarem créditos tributários do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS)

Leia mais

Estados apresentaram propostas e AGU rejeita acordo sobre ICMS de combustíveis

O ICMS é um imposto estadual, que compõe o preço da maioria dos produtos vendidos no País e é responsável pela maior parte dos tributos arrecadados pelos estados

Leia mais

Procon fiscaliza postos de combustíveis para aferir efeitos da redução na bomba

O objetivo da ação é verificar se os estabelecimentos estão disponibilizando aos consumidores – de forma clara e ostensiva – informações sobre o preço dos combustíveis cobrados antes da redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), conforme determina a legislação federal

Leia mais

Maio registrou consumo histórico de combustíveis em MT

Mantendo trajetória iniciada no ano passado, o consumo de etanol segue em queda em Mato Grosso. No acumulado dos primeiros cinco meses do ano o saldo é -15,6%. No ano passado, de janeiro a maio, o consumo havia sido de 372,31 milhões de litros e nesse ano, no mesmo intervalo, as vendas somaram demanda de 314,26 milhões de litros. Entre as matrizes mais consumidas em Mato Grosso – etanol, gasolina e diesel – apenas o bicombustível segue em retração no comparativo anual

Leia mais

No STF, Fiemt defende limite de cobrança de ICMS sobre combustíveis

“A Fiemt acionou o STF por entender que o alto custo do combustível impacta negativamente o setor industrial, sendo considerado um dos principais insumos que movimenta o segmento. A Federação entende que a redução do imposto no custo do combustível se estende não só às indústrias, mas a toda a sociedade. Esse excesso de tributação em um bem essencial, não só para as famílias, mas sobre a produção industrial, causa um efeito cascata devastador na competitividade de todas as empresas brasileiras”, explica o presidente da Fiemt, Gustavo de Oliveira

Leia mais

Governo de MT estuda meios para implementar alterações do ICMS

O impacto será de aproximadamente de R$ 100 bilhões para todos os Estados. Na arrecadação estadual de Mato Grosso, o impacto será de cerca de R$ 1 bilhão até o final deste ano e reduzirá, consequentemente, os repasses para saúde, educação e municípios

Leia mais

MT terá impacto anual de R$ 1 bi com redução do ICMS sobre combustíveis

Isso porque, conforme o secretário explicou, a maior parte das reduções aprovadas pelo Congresso já estavam em vigor em Mato Grosso desde o início do ano, uma vez que o Estado reduziu por conta própria o ICMS da energia (27% para 17%), telefonia e internet (30% para 17%), gasolina (25% para 23%), diesel (17% para 16%) e gás industrial (17% para 12%), abrindo mão de R$ 1,2 bilhão em receita que ficou no bolso do cidadão

Leia mais

Redução do ICMS discutida em Brasília, já é realidade em MT, frisa Mauro Mendes

A redução das alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) da energia elétrica, gasolina, diesel, comunicação e gás GLP foi adotada em Mato Grosso em janeiro deste ano

Leia mais