Março foi mais um mês de endividamento entre os cuiabanos

De acordo com o superintendente da Fecomércio/MT, Igor Cunha, o endividamento segue de forma mais controlado que a média nacional. “Apesar de ser o segundo aumento consecutivo do endividamento, estamos conseguindo controlar mais os gastos, diferente da média nacional que chegou a atingir no mês de março 77,5%. Isso reforça que não somente a Capital, mas o Estado se encontra em um cenário mais positivo”

Leia mais