Apesar da alta de inadimplentes, Mato Grosso está com melhor índice da região

Em janeiro de 2022, cada consumidor negativado no Estado devia, em média, R$ 3.804,11 na soma de todas as dívidas. Os dados ainda mostram que 35,80% dos consumidores tinham dívidas de valor de até R$ 500, percentual que chega a 50,89% quando se fala de dívidas de até R$ 1.000. O tempo médio de atraso dos devedores mato-grossenses negativados é igual a 24,8 meses, sendo que 33,05% deles possuem tempo de inadimplência entre 1 a 3 anos

Leia mais